Seguidores

Quem vai lá conhecer?

segunda-feira, 6 de abril de 2020

♥9 ª semente :Linda colheita! ♥


Com essa semente que chega lá da Anete, passeamos com ela pelos caminhos da vida...



Andando

e presenciando belezas sem fim...

Nos caminhos da vida

 há sempre verdes e 

outras cores...

Olhar e ver,

sem esmorecer nas aventuras 

da jornada...

Nos alis e acolás 

que percorro 

no dia a dia,

vou clicando

 e colhendo vivas alegrias!



Anete


*Tenham todos uma linda semana santa, bem introspectiva e que a Páscoa seja um belo momento, apesar da distância social com familiares e amigos!
beijos, chica


terça-feira, 31 de março de 2020

♥ 8ª semente : Alegria sempre! ♥



Essa semente bem animada chega da Roselia Bezerra, ensinando que não importa o tempo lá fora e sim o que temos no coração! Vale bem para os dias que estamos vivendo...Apesar de tudo, vamos manter nossa alegria.É importante!




E amanhã?
Como virá o dia?
Não sei...
Em todo caso, vindo como o de hoje..
É meu  presente alegre,
Haja chuva ou sol, 
Tenho  💙 de aprendiz...

terça-feira, 24 de março de 2020

♥ 7ª semente: Mensagem... ♥


Essa semente nos chega lá do nosso amigo ÁRABE em seu blog. Trago apenas um trecho dela e lá no blog poderão ler na totalidade e já aproveitar pra conhecer suas lindas mensagens ...

(((o)))o(((o)))o(((o)))

A verdade é que não temos controle sobre a Vida.

E, muitas vezes, os ventos do destino nos carregam pelos ares, sem que possamos opor qualquer resistência; somos levados, sem saber até quando voaremos, ou aonde chegaremos.

Assim pode acontecer. São eventos imprevistos; acontecimentos que não aguardávamos e nos atingem de surpresa, levando-nos a caminhos onde não estava em nossos planos passar.

Nessas horas, podemos sentir-nos desamparados. Como se de nada adiantassem os nossos esforços e os nossos planos; como se uma simples rajada de vento mudasse a nossa vida.

E isto pode, realmente, acontecer. Qualquer um de nós pode ser arrastado por um turbilhão de acontecimentos; e carregado para muito longe, antes que, novamente, reencontre o chão.

Entretanto, o vento que arrasta as folhas é o mesmo que carrega as sementes; e diferentes serão os destinos de umas e das outras, durante o resto do tempo, quando passar o turbilhão.

Porque o vento não dura para sempre. E, quando passa, podemos novamente decidir os rumos que pretendemos seguir. É a nós mesmos, que cabe escolher se seremos folhas ou sementes.

Lembremos, então, que a folha se deixa ficar, inerte e passiva, sobre o solo; e poderá ser carregada, por todos os vendavais que a atingirem. Jamais voltará a ter controle sobre si mesma.

* Dedicado aos milhares de vítimas e milhões de pessoas que tiveram (e ainda terão) as suas vidas alteradas pela pandemia do Covid19.