Seguidores

terça-feira, 28 de junho de 2016

sábado, 25 de junho de 2016

♥42 ª semente:vem da Bárbara e Érika... ♥


Lá do blog da Érika e Bárbara, achei essa semente:

Da árvore do silêncio pende seu fruto, a paz.


(Arthur Schopenhauer)

terça-feira, 21 de junho de 2016

♥41 ª semente:vem da Milene Lima ♥


 Essa semente vem da  Milene Lima

O CHÃO E AS ASAS 

- E você não dança?
Perguntou-me o menino.
- Não! Só com a minha alma eu danço,
Afirmei, categórica e lamentosa.
O corpo não me tira do chão.
O corpo não me tira do chão!
Maldito corpo cheio de erros!
Bendita alma cheia de asas.
Eles são a minha casa
Meu desvario
E eu não me caibo de inquietude
Nessa canção
De me dançar.

quinta-feira, 9 de junho de 2016

♥40 ª semente:vem da Shirley ♥

A amoreira altiva serena raízes fincadas no tempo prenhe de doçuras vermelhas balança os longos braços acenando ao sol que cochila no poente. Descalça a brisa pisa na terra úmida e chega como fazer um blog perto de um sapo luzidio que olha fixamente o nada. Agregada ao cenário da tarde permaneço imóvel por longos momentos enquanto me enrosco toda no cipoal dos pensamentos.

A amoreira altiva serena 
raízes fincadas no tempo 
prenhe de doçuras vermelhas 
balança os longos braços 
acenando ao sol que cochila no poente. 
Descalça a brisa pisa na terra úmida 
e chega perto de um sapo luzidio 
que olha fixamente o nada. 
Agregada ao cenário da tarde
 permaneço imóvel por longos momentos
 enquanto me enrosco toda no cipoal dos pensamentos.

Shirley Shirley como fazer um blog Brunelli Crestana
A amoreira altiva serena raízes fincadas no tempo prenhe de doçuras vermelhas balança os longos braços acenando ao sol que cochila no poente. Descalça a brisa pisa na terra úmida e chega como fazer um blog perto de um sapo luzidio que olha fixamente o nada. Agregada ao cenário da tarde permaneço imóvel por longos momentos enquanto me enrosco toda no cipoal dos pensamentos.
A amoreira altiva serena raízes fincadas no tempo prenhe de doçuras vermelhas balança os longos braços acenando ao sol que cochila no poente. Descalça a brisa pisa na terra úmida e chega perto como fazer um blog de um sapo luzidio que olha fixamente o nada. Agregada ao cenário da tarde permaneço imóvel por longos momentos enquanto me enrosco toda no cipoal dos pensamentos... Shirley Brunelli Crestana

terça-feira, 7 de junho de 2016

♥39 ª semente:vem da Inês.. ♥

" Se não puder ser uma fonte de água pura
e cristalina à margem de uma estrada,
seja uma simples gotinha de orvalho
que brilha na pétala da flor.
Seja o que for, seja sempre o melhor;
faço o que fizer, faça sempre com muito amor."
Encontrei lá na INÊS...

sábado, 4 de junho de 2016

♥ 38ª Semente que vem da Rosa Mattos ♥


A consciência alerta ao inconsciente
que é hora de acordar.


O inconsciente, por não ter consciência
alguma, continua dormindo.


A consciência resolve ir dormir também,
para ver se o desperta.


O inconsciente acorda e sem ter a
consciência por perto, dorme.


Os dois nunca se encontram, embora
morem no mesmo lugar.


quarta-feira, 1 de junho de 2016

♥37 ª semente:vem do Lucas ♥



Que é ‘um ano’?

É uma marca que fazemos no tempo, para nos situarmos no tempo e no espaço de nossas vidas.

Alguns, sábios, transformaram essa simples marca em oportunidade de refletir, começar, recomeçar, crescer.

Outros a transformaram numa mera tecla de computador, como um ‘enter’, para simplesmente se repetir, e repetir... e repetir.

Lucas